São Marcos - RS - Prefeitura Municipal

 

Escolas realizam trabalho de combate à dengue

22/09/2014

A Secretaria Municipal de Saúde, através da Vigilância Ambiental em Saúde realizou uma atividade de combate à dengue nas escolas estaduais e municipais de São Marcos.

A ação aconteceu entre os dias 15 de agosto e 12 de setembro, onde os profissionais da Vigilância ensinaram os estudantes de 4º e 7º anos a produzirem armadilhas ecológicas de combate a dengue. Ao todo 562 alunos realizaram este trabalho. Esta iniciativa faz parte do Programa Nacional de Controle a Dengue que tem como objetivos reduzir as infestações causadas pelo Aedes aegypti, restringir a incidência da dengue e diminuir a mortalidade por febre hemorrágica.

O que é necessário para confeccionar a armadilha:
- uma garrafa pet;
- tule;
- tecido TNT;
- fita isolante;
- cola quente;
- lixa de fogão;
- grãos de alpiste ou ração de gato.

Como funciona a armadilha:
A fêmea do mosquito deposita os ovos na parte seca, logo acima da linha da água. Quando chove ou quando você adiciona mais água à armadilha, o líquido hidrata os ovos e surgem as larvas que descem para comer no fundo. Como as larvas recém-nascidas são muito pequenas, elas conseguem passar pela grade do tule que está no bico do funil, imerso na água. Ao passarem para a área interna da armadilha, onde está o alimento, elas crescem neste ambiente, e não conseguem retornar ao exterior do funil, já que o único caminho está bloqueado pelas malhas do micro tule.

Para aprender como confeccionar sua armadilha acesse este link: www.faperj.br/downloads/mosquiterica.pdf

Na foto: 4° ano Escola Estadual Monteiro Lobato
Foto: Vigilância Ambiental em Saúde


Voltar Voltar
zgraf.net