São Marcos - RS - Prefeitura Municipal

 

TOXOPLASMOSE: Ministério da Saúde divulga nova nota técnica sobre surto de toxoplasmose em São Marcos

15/04/2015

Na manhã de hoje, dia 15, os profissionais do Ministério da Saúde, juntamente com o CEVS/RS, apresentaram, no auditório do Centro Municipal de Saúde Nossa Senhora de Lourdes, o resultado de pesquisas realizadas em São Marcos sobre o surto de toxoplasmose ocorrido no município no início do ano.

Após a divulgação para os profissionais ligados à área da Saúde em nosso município, o EPISUS divulgou uma nota técnica, a qual pode ser conferida na íntegra abaixo:

NOTA TÉCNICA N°

Assunto: Orientações sobre toxoplasmose
São Marcos/RS, 15 de abril de 2015

Diante da ocorrência do surto de toxoplasmose ocorrido no município de São Marcos/RS em janeiro e fevereiro de 2015 e visando evitar ocorrência de novos casos, a Secretaria de Saúde informa:

1. A toxoplasmose é uma doença infecciosa ocasionada por um parasita, que geralmente cursa sem sintomas e nos quadros agudos pode causar febre, aumento dos gânglios, dor muscular e dor de cabeça.

2. Essa doença pode ser transmitida ao homem principalmente por meio de ingestão de carne crua ou mal cozida, alimentos contaminados, transmissão transplacentária e raramente por transplante de órgãos e transfusão de sangue.

3. O tratamento específico para toxoplasmose é indicado para gestantes, recémnascidos e pessoas que tiveram comprometimento de outros órgãos, como coriorretinite e miocardite, além de pacientes imunodeprimidos.

4. A investigação identificou 154 casos confirmados e apontou que o consumo de carne mal passada foi o principal fator de risco encontrado. A concentração de casos ocorreu na segunda quinzena de janeiro, com casos esporádicos nos meses de fevereiro, com predomínio em pessoas de 20 a 39 anos de idade.

5. A vigilância epidemiológica vêm monitorando os casos de toxoplasmose, gestantes, pacientes que apresentarem lesão ocular, em conjunto com infectologista e oftalmologistas, garantindo tratamento a todos, conforme prescrição médica, com medicamentos disponibilizados pela SMS através do setor de Assistência Farmacêutica, segundo protocolo.

6. A Secretaria Municipal de Saúde de São Marcos conjuntamente com a Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Sul/5ª Coordenadoria Regional de Saúde continuará intensificando as atividades de vigilância sanitária nos estabelecimentos e promovendo ações educativas sobre legislação sanitária e boas práticas.

7. Dessa forma, as seguintes medidas de prevenção são recomendadas, com intuito de minimizar os riscos de contaminação, tais como:
• Não comer carnes cruas ou mal cozidas;
• Lavar muito bem frutas, verduras e legumes antes de ingeri-los;
• Beber somente água tratada ou fervida;
• Beber apenas leite pasteurizado ou fervido;
• Não consumir água e alimentos de origem desconhecida;
• Lavar bem as mãos depois da manipulação de carne crua e após o contato com terra/areia contaminada por fezes de gato;
• As gestantes devem realizar o pré-natal conforme orientação médica;
• Os pacientes que tiveram confirmação de toxoplasmose devem realizar avaliação oftalmológica periodicamente. Se apresentar qualquer alteração ocular, procurar o serviço de saúde.


Voltar Voltar
zgraf.net