São Marcos - RS - Prefeitura Municipal

 

Prevenção contra Aedes Aegypti ainda é a melhor solução

21/12/2015

No mês de dezembro foram feitas ações de combate ao mosquito da dengue em São Marcos. Alunos da rede municipal receberam palestras e panfletos foram distribuídos pela cidade ao longo da campanha. O “Bota Fora” que ocorreu de 27 de novembro à 15 de dezembro, nos bairros Colina Sorriso, Vida Nova, São José Operário e Polo, também fez parte das ações em combate ao foco do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da Dengue, Zika Vírus e Febre de Chikungunya. A Febre de Chikungunya, apresenta sintomas semelhantes a dengue. A Infecção causada pelo Zika Vírus preocupa, pois afeta todas os grupos etários e ambos os sexos, considerando que é uma doença nova no Brasil, a população não possui uma imunidade natural contra o vírus e não existe vacina para prevenir contra a infecção do Zika Vírus, e casos de microcefalia (doença que atinge recém nascidos, a cabeça e o cérebro são menores do que que o normal para idade do bebê, influenciando o desenvolvimento mental) estão ligados a infecção pelo vírus. O último boletim, lançado pelo Ministério da Saúde, no dia 12 de dezembro, tinha sido registrado 2.401 casos notificados de microcefalias, 29 óbitos em 549 municípios de 20 estados do Brasil, incluindo Rio Grande do Sul, todos os casos estão sendo investigados pelo Ministério de Saúde. O governo lançou um plano nacional de enfrentamento à microcefalia, que conta com ações para mobilização de profissionais da saúde, escolas, Agentes Comunitários, Forças Armadas e Defesa Civil. A melhor forma de combater o Aedes Aegypti é a prevenção, não deixar água parada em nenhum ambiente. Toda a população deve colaborar para erradicar o mosquito transmissor e trazer tranquilidade e bem estar à nossa saúde. Faça sua parte, ajude a combater o mosquito da dengue. foto: imagem da internet


Voltar Voltar
zgraf.net