São Marcos - RS - Prefeitura Municipal

 

Combate ao mosquito não deve parar no frio

30/06/2016

Aedes aegypti: o combate não pode parar

Com a chegada do inverno ocorre a redução dos cuidados com o mosquito Aedes aegypti e o acúmulo de água parada pela população. A Vigilância em Saúde do município alerta para que os cuidados sejam mantidos e não sofram interrupções, sendo que estes deverão ter continuidade em todas as áreas, tanto urbana quanto rural.

A equipe de Vigilância está fazendo seus trabalhos normalmente, bem como está realizando suas atividades rotineiras e de prevenção e cuidados, sendo armadilhas, pontos estratégicos, levantamentos de índice, reconhecimento geográfico e denúncias, as quais contam com a participação e o auxílio da população. Desta maneira, é necessário que o cuidado seja mantido e não caia no esquecimento.

A colaboração de todos é importante é necessária em qualquer momento, inclusive em épocas de frio.

Para que ocorra o desenvolvimento da larva é necessário que se tenha um clima favorável, com temperaturas mais elevadas. Em temperaturas mais baixas o mosquito Aedes diminui suas atividades, porém não as deixa de fazer, ainda existindo risco de transmissão de doenças. Não existem temperaturas seguras que indiquem a morte do vetor, portanto o cuidado nunca deve ser deixado de lado. A lavagem de recipientes com água, como bebedouros de animais, também deve ser mantida, pois os ovos ali depositados pela fêmea podem resistir por mais de um ano, trazendo risco independente da época.

Sendo assim, a cooperação da população, de órgãos públicos e demais grupos voluntários devem ser intensificados e efetivos, pois somente assim o município se manterá não infestado e não apresentará casos da doença.

Foto: Internet


Voltar Voltar
zgraf.net