Todas as notícias

18/12/2018

AGRICULTURA E MEIO AMBIENTE

Conhecimento durante o lazer

Estudantes identificam espécies das plantas presentes na praça e realizam a catalogação


      O projeto de identificação das espécies de árvores da praça Dante Marcucci foi executado pela Faculdade de São Marcos e pela escola Estadual de Ensino Médio Maranhão com o apoio da Prefeitura Municipal.

Por objetivo, as duas instituições de ensino, tem a conscientização da comunidade a respeito da importância das áreas verdes públicas da cidade e a intenção de que, durante um momento de lazer ou a prática de exercícios que também é realizada na praça por alguns munícipes, eles possam adquirir conhecimento.

    Em um primeiro momento, alunos do 7º ano da escola Maranhão, coordenados pelo professor de Biologia Marcos Grizzon, identificaram 39 espécies de plantas lenhosas (plantas que são capazes de produzir madeira como tecido de suporte dos seus caules) presentes no local. A atividade aconteceu paralelamente ao conteúdo teórico programado para o ano letivo da turma.

         Das 39 espécies, de acordo com Fundação Zoo Botânica do Rio Grande do Sul, duas estão ameaçadas de extinção, a figueira (Ficus cestrifolia) e o pinheiro-brasileiro (Araucaria angustifólia). 19 são consideradas exóticas e as outras 20, nativas.

          Após a identificação, foi de responsabilidade da FCSM a confecção das placas contendo o nome cientifico e popular, a informação da ocorrência da espécie no Brasil, se nativa ou exótica e os logos de realizadores e apoiador do projeto.

            As placas foram fixadas, identificando as espécies, na última quarta-feira (12) e a Diretora da Faculdade de São Marcos, Gisele Rizzon, faz uma apelo à população, “pedimos que a comunidade cuide, o projeto deixou de ser uma ideia, passou a ser um bem de todos”.

Confira abaixo as 40 espécies identificadas:

Nome CientíficoNome Popular

Liquidambar styraciflua

liquidâmbar

Liquidambar formosana

liquidâmbar

Schinus molle

aroeira-salso

Annona sp.

 quaresmeira, araticum

Araucaria angustifolia

pinheiro-brasileiro

Syagrus romanzoffiana

jerivá

Washingtonia robusta

palmeira-leque

Phoenix roebellenii

tamareira-anã

Handroanthus albus

ipê-amarelo-da-serra

Handroanthus chrysotrichus

ipê-amarelo-do-brejo

Handroanthus heptaphyllus

ipê-roxo

Jacaranda mimosifolia

jacarandá-mimoso

Buxus sempervirens

buxo

Cupressus lusitanica

cipreste

Cunninghamia lanceolata

pinheiro-chinês

Rhododendron simsii

azaléia

Bauhinia variegata

pata-de-vaca

Parapiptadenia rigida

angico-vermelho

Inga marginata

ingá-feijão

Senna multijuga

canafístula

Hydrangea macrophylla

hortênsia

Cinnamomum verum

canela-de-cheiro

Cinnamomum camphora

cânfora

Nectandra megapotamica

canela-fedorenta

Lagerstroemia indica 

extremosa

Magnolia × soulangeana

magnólia

Ficus cestrifolia

figueira

Eugenia uniflora

pitangueira

Acca sellowiana

goiabeira-serrana

Eugenia involucrata

cerejeira

Blepharocalyx salicifoilius

murta

Myrcianthes pungens

guabiju

Prunus myrtifolia

pessegueiro-bravo

Prunus cf. campanulata

cerejeira-japonesa

Eriobotrya japonica

nespereira

Acer palmatum

ácer

Matayba elaeagnoides

camboatá-branco

Koelreuteria bipinnata
árvore-da-china