Portal da Transparência

CONTROLE INTERNO

 INDICADORES

 

A aplicação de indicadores na administração pública atende ao propósito de contribuir com o melhor gerenciamento dos recursos disponíveis, além da prestação de contas ou informação à sociedade sobre a utilização dos recursos. O fundamental na aplicação de indicadores de desempenho é a opção por uma gestão eficiente e transparente, conforme se espera do poder público.

Os indicadores de gestão não devem restringir-se apenas em medir, mas em estabelecer índices que possam aferir resultados, orientar e induzir a organização rumo a ações preventivas e corretivas.

Tipos de indicadores:

1 - Indicadores Simples: representam um valor numérico (unidade de medida) atribuível a uma variável. Os indicadores simples não expressam a relação entre duas ou mais variáveis.

2 - Indicadores Compostos: expressam a relação entre duas ou mais variáveis. De acordo com as relações entre as variáveis que os constituem e a forma como são calculadas, são denominados de maneiras específicas. Temos quatro grupos de indicadores compostos:

2.1 - Proporção ou Coeficiente: é o quociente entre o número de casos pertencentes a uma categoria e o total de casos considerados. Esse quociente é também chamado de coeficiente, representando a razão entre o número de ocorrências e o número total (número de ocorrências mais o número de não ocorrências).

2.2 - Porcentagem: obtida a partir do cálculo das proporções, simplesmente multiplicando o quociente obtido por 100. As porcentagens e proporções têm por objetivo principal criar comparações relativas, destacando a participação de determinada parte no todo.

2.3 - Razão ou Índice: as proporções representam um tipo particular de razão. Entretanto, o termo razão é usado normalmente quando A e B representam categorias separadas e distintas. Este quociente é também chamado de índice, indicando tratar‐se de razão entre duas grandezas tais que uma não inclui a outra.

2.4 - Taxa: São coeficientes multiplicados por uma potência de 10 e seus múltiplos para melhorar a compreensão do indicador.

A fórmula de cálculo e a unidade de medida fornecem subsídios para identificar o comportamento esperado do indicador, ou seja, se o indicador é maior-melhor, menor-melhor ou igual-melhor. Dessa forma, a interpretação do indicador informa se o bom desempenho é alcançado quando o resultado do indicador está aumentando, diminuindo ou continuando o mesmo. Trata-se de uma informação integrante que orienta a análise crítica do desempenho do indicador.

Os indicadores apresentados neste espaço monitoram os diversos setores da Prefeitura Municipal de São Marcos, servindo como elementos de controle interno.

 

UCCI – Unidade Central de Controle Interno